Procurar  
  • principal
  • > pesquisas
  • > de literatura de cordel
  • como chegar à Fundação >>

    base de dados: biblioteca >>

    edi√ß√Ķes √† venda: literatura de cordel >>

    coleção de cordel >>

    literatura de cordel

    A partir da d√©cada de 1960, a Casa de Rui Barbosa, sob o t√≠tulo Literatura Popular em Verso, vem desenvolvendo um conjunto de medidas para a promo√ß√£o da literatura de cordel, que compreendem desde levantamentos bibliogr√°ficos e organiza√ß√£o de cole√ß√Ķes, √† preserva√ß√£o de documentos preciosos na imin√™ncia de se perderem e publica√ß√£o de uma extensa bibliografia, composta por cat√°logos, antologias e estudos especializados.

    Os t√≠tulos publicados est√£o relacionados no Cat√°logo de Publica√ß√Ķes da FCRB (pdf, 317 Kb), e aqueles dispon√≠veis para venda podem ser consultados no cat√°logo on-line, em literatura popular em verso.

    Em seu in√≠cio, Literatura popular em verso foi coordenada por Thiers Martins Moreira, ent√£o diretor do Centro de Pesquisas, e contou com especialistas, como M. Cavalcanti Proen√ßa, Or√≠genes Lessa, Ant√īnio Houaiss, Manuel Diegues J√ļnior, ao lado de pesquisadores da Casa. Ao longo dos anos, dedicados estudiosos, como Sebasti√£o Nunes Batista, vieram a participar dos trabalhos.

    A partir dessas pesquisas foi formada uma das maiores cole√ß√Ķes de folhetos de cordel da Am√©rica Latina, atualmente com oito mil exemplares, cujas refer√™ncias podem ser consultadas na base de dados da Biblioteca, em g√™nero literatura de cordel.

    A divulga√ß√£o dessa cole√ß√£o ser√° brevemente dinamizada por interm√©dio do site Cordel: literatura popular em verso. Inicialmente financiado pela Faperj e coordenado pela professora Ivone Ramos Maya (UFF), este site promove o resgaste ao p√ļblico da obra de Leandro Gomes de Barros, o mais antigo cordelista conhecido, com a pesquisa, restaura√ß√£o, digitaliza√ß√£o e disponibiliza√ß√£o na Internet de cerca de 400 folhetos de sua autoria. No momento, o site est√° sendo ampliado com o apoio do Programa Petrobr√°s Cultural.

    Imprimir Voltar ao alto


  • informe
  • |
  • perguntas frequentes
  • |
  • termos de uso
  • |
  • mapa do site
  • |
  • sobre o site
  • |
  • contato
  • |