Procurar  
  • principal
  • > notícias
  • como chegar à Fundação >>

    eventos: programação da Fundação >>

    receba o informe quinzenal por e-mail >>

    serviços oferecidos pela Fundação >>

    Colóquio "Hospitalidade entre ética, política & estética"

    Clique na foto para ampliar

    A Casa de Rui Barbosa e a Embaixada da França, em colaboração com a Aliança Francesa, organizaram, nos dias 27 e 28 de junho, um seminário franco-brasileiro de dois dias sobre a hospitalidade. O evento acontece no auditório da Fundação Casa de Rui Barbosa, das 10h às 18h30, com entrada franca.

    O objetivo deste colóquio é questionar o antigo conceito de hospitalidade, que a dimensão das crises migratórias contemporâneas ao redor do mundo parece ter atualizado.
     
    A comparação dos pontos de vista francês e brasileiro sobre essa temática é particularmente interessante na medida em que a França, país europeu confrontado com crises migratórias, está evidentemente e diretamente afetada por essa problemática, e o 
    Brasil também está, por sua história que foi construída, pode-se dizer, numa relação complexa com a hospitalidade: hospitalidade traída (colonização), transviada (migrações forçadas da escravidão), promovida (vagas migratórias, a partir do século XIX, para povoamento e desenvolvimento econômico do país) e imposta (migrações
    recentes vindas da Venezuela, do Haiti e da África Negra, cuja gestão pelas autoridades brasileiras foi até hoje exemplar).
     
    O colóquio tratará de abordar o tema em sua própria polivalência e numa abordagem decididamente multidisciplinar, um conceito que abrange de uma só vez os aspectos político, filosófico, ético e estético.
     
    Construiremos esses dois dias a partir de três aspectos principais: 
    1) hospitalidade, entre ética e política, dando voz a filósofos e antropólogos;
    2) lugares de hospitalidade, trecho no qual interviriam os “profissionais” da hospitalidade (ONG, juristas, diretores de abrigos); 
    3) dar forma à hospitalidade, aonde o tema será tratado sob o prisma das artes plásticas e da literatura.
     
    Para os estudantes que assistirem, um certificado de participação será entregue. É necessário enviar e-mail para mathilde.albertelli@diplomatie.gouv.fr, com o CPF, para apresentação no local e retirada de certificado.
     
    Programação completa: 
     
    *27 de junho de 2019
     
    10h – 10h30 Abertura
    10h30 – 11h30 Conferência de abertura: “Panorama das crises migratórias atuais”
    Com Catherine Wihtol de Wenden (Sciences Po Paris)
    moderadora: Joelle Rouchou (Casa de Rui Barbosa)
    11h30 – 12h Perguntas
    14h – 15h00 Conferência: “Acolher o outro: fraternidade, solidariedade, hospitalidade”.
    Com Newton Bignotto (Universidade Federal de Minas Gerais)
    moderador: Adauto Novaes, filósofo, organizador do ciclo “Mutações”
    15h – 15h30 Perguntas
    16h – 17h30 Hospitalidade entre ética e política
    Com Michel Agier, Institut de Recherche pour le Développement (IRD) – Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESS) e Mohamed Elhajji, UFRJ
    17h45 – 18h30 Projeção do filme « Hotel Laide » e conversa via skype com a diretora, Débora Diniz
     
    *28 de junho de 2019
     
    Lugares de Hospitalidade
    09h30 – 11h Lugares de Hospitalidade 1
    Com João Guilherme Granja (ENAP) e Charles Gomes (Casa de Rui Barbosa)
    11h15 – 12h45 Lugares de Hospitalidade 2
    Com Philippe Ollé-Laprune (Casa Refúgio México)
    e Benjamin Seroussi (Casa do Povo SP)
     
    Dar forma à Hospitalidade
    14h30 – 16h Dar forma à Hospitalidade 1: Arte e Hospitalidade
    Com Anne-Laure Flacelière (curadora da exposição “Persona Grata” – macval) e Sandra Benites (educadora, curadora da exposição “Dja Gueta Porã”)
    16h30 – 18h Dar forma à Hospitalidade 2: Escrita e Hospitalidade
    Com Patrick Chamoiseau, escritor, e Milton Hatoum, escritor
    18h – 18h30 Leitura, em francês e em português, da “Declaração dos Poetas”, do livro “Frères Migrants” de Patrick Chamoiseau – tradução em português de Ana Rossi (UNB) – e de um trecho de um texto de Milton Hatoum.
     
    Imprimir
    Voltar ao alto


    Veja também
    > abril
    > Lançamento de “O corcovado conta histórias: Botafogo”
    > História e culturas urbanas
    > IX Seminário Internacional de Políticas Culturais
    > Joaquim Cardozo: um teatro do mundo em pensamento
    > Lançamento do livro "Cultura Brasileira Hoje – Diálogos"
    > Memória & Informação
    > Pensar a imprensa
    > Um domingo na Casa de Rui Barbosa
    > O prazer da descoberta
    > Homenagem aos 25 anos do falecimento de Américo Jacobina Lacombe
    > Jardim em Foco: Visitas mediadas ao jardim histórico do Museu Casa de Rui Barbosa
    > Mostra Leandro Gomes de Barros: o poeta do sertão
    > Democracia, diversidade e desenvolvimento
    > Memória & Informação
    > Migrações internacionais
  • informe
  • |
  • perguntas frequentes
  • |
  • termos de uso
  • |
  • mapa do site
  • |
  • sobre o site
  • |
  • contato
  • |