Dul kadın marketçi adam ile birlikte olduğunda fena şekilde inledi hd porno Genç adam kendisiyle birlikte olan kadının yaşından asla çekinmedi mobil porno Sarkmaya başlayan göğüsleri adamın ağzına veren olgun kadın sex hikayeleri yalattı Zevke gelerek yatağa uzandığında genç adamın yandan amcık türbanlı pornosu içine girip çıkmasını bekledi Kumral güzeli seksi kız hd porno birlikte olduğu adam kalın siki götten kucağında sokunca bağırdı porno hikaye Evin içerisinde iç çamaşırlı haliyle saçlarından tutarak kendisini sikiş sürükleyen adama oral seks yaptı Uzun siki yalamaya başladığında erotik hikayeler adam kafasından bastırıp taşaklarına kadar yalatmaya devam etti
 
  Procurar  
  • principal
  • > aconteceu em 2008
  • > maio
  • como chegar à Fundação >>

    eventos: programação da Fundação >>

    receba por e-mail o informe quinzenal >>

    Cultura, trabalho e natureza na globalização

    A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) e a Universidade Nômade promovem no dia 16 de maio, às 14 horas, o terceiro encontro do Colóquio: Cultura, trabalho e natureza na globalização. O tema escolhido é Direito à cultura e cultura dos direitos.

     

    Organizado pelos pesquisadores Giuseppe Cocco (Universidade Nômade) e Mauricio Siqueira (Fundação Casa de Rui Barbosa), o evento é composto de uma série de oito encontros, que acontecem às sextas-feiras ao longo de 2008, na sala de cursos da FCRB. O colóquio se insere na área de pesquisa de cultura e desenvolvimento; ele busca alguns pontos que são tendências do capitalismo contemporâneo, principalmente no que se refere ao capitalismo cognitivo e a predominância crescente do trabalho imaterial. Hoje a economia da cultura tende assumir um papel cada vez maior nas economias nacionais e produzir mais empregos e valor. A entrada é franca. Não é necessário fazer inscrição prévia.

     

     

    III. Colóquio

    O capitalismo cognitivo e a crescente precarização dos direitos. Embates e movimentos sobre as questões da propriedade intelectual. A Constituição de 1988.

     

    :: Alexandre do Nascimento, FAETEC, PVNC – Ações Afirmativas e Produção de Direitos

     

    :: Adriano Pilatti, PUC-Rio – Poder Constituinte e Cultura: a Constituição de 1988

     

    :: Telma Lage, PUC-Rio – Precarização dos direitos, significados

     

    :: Francisco Guimaraens, PUC-Rio – A cultura, as "coisas semelhantes a nós" e a constituição dos direitos

     

    Veja o restante da programação:

     

    IV. Colóquio

     

    20 de junho de 2008 (programação a confirmar)
     

     

     

     

     

     

     

     

    V. Colóquio

     

    08 de agosto de 2008

     

    A cultura monstruosa: diversidade, multiplicidade, diferença

     

    Identidades e diferenças / Produção de diferença. Multiculturalismo. Diversidade Cultural. Mestiçagem, hibridação. Cidadania.

     

    :: Bárbara Szaniecki, PUC-Rio – O monstruoso precariado

     

    :: Leonora Corsini, LABTeC/UFRJ – A potência da hibridação: Edouard Glissant e a creolização

     

    :: Carlos Augusto Peixoto, PUC-Rio – O corpo e o devir-monstro

     

    :: Ana Kiffer, PUC-Rio – Artaud, Momo ou Monstro?

     

     

    VI. Colóquio

    19 de setembro de 2008

     

    Cultura e natureza diante da crise do conceito de desenvolvimento

    :: Eduardo Viveiros de Castro, UFRJ – Desenvolvimento econômico e reenvolvimento cosmopolítico - da necessidade à suficiência

     

    :: Tatiana Roque, UFRJ – Ciência Nômade x Ciência de Estado

     

    :: Pedro Cesarino, editor da Azougue – Cultura múltiplas versus Monocultura

     

    Debatedores

     

    :: Antonio Martins, editor do Le Monde Diplomatique – Caderno Brasil

     

    :: Giuseppe Cocco – editor Global/Brasil
     

     

     

     

    VII. Colóquio

    31 de outubro de 2008

     

    Vida nua e vida besta: guerra e paz na cidade dos homens

    Biopolítica, dispositivos, violência e cultura, Estado e exceção.

     

    :: Peter Pal Pelbart, PUC-SP – A vida desnudada

     

    :: Maria Elisa Pimentel, UNipli – Tráfico de drogas: a guerra como produção da vida

     

    :: André Barros, Universidade Nômade – A acumulação do poder punitivo no Brasil

     

    :: Bruno Cava, UERJ – O monstro contra a vida nua no sentido da terra

     

     

     

    VIII. Colóquio

     

    28 de novembro de 2008

     

    Quantidade e qualidade na cultura

    Avaliação de indicadores relevantes para a relação entre desenvolvimento e políticas culturais.

     

    :: Fabio Malini, UFES – Redes Sociais, Periferia e Políticas Culturais

     

    :: Ronaldo Lemos, FGV-Rio – Propriedade Intelectual e Desenvolvimento

     

    :: Sergio Sá Leitão, Ancine – Cultura e desenvolvimento / o caso do audiovisual

     

    :: Ivana Bentes, UFRJ – Precariado e Cognitariado

     

     

     

    Imprimir
    Voltar ao alto


    Veja também
    > A Escola apresenta
    > A informalidade no marketing de bibliotecas
    > Corpo: identidades, memórias e subjetividades
    > Emigração, Arquivos e Memória web
    > Encontro com as Constituições
    > Lançamento da coleção Intelectuais do Brasil
    > maio
    > Mário Pedrosa: política e arte em revolução
    > Pézerat e a arquitetura neoclássica
    > Série Brasiliana
    > Sessão Curta o Rio Criativo
    > Técnicas de intervenções em obra de grandes dimensões
    > Um domingo na Casa de Rui Barbosa
    > Sessão Atabaque
    > Memória & Informação
  • informe
  • |
  • perguntas frequentes
  • |
  • termos de uso
  • |
  • mapa do site
  • |
  • sobre o site
  • |
  • contato
  • |