Procurar  
  • principal
  • > conhecimento em C & T
  • > acervos & preservação
  • eventos: programação da Fundação >>

    receba por e-mail o informe quinzenal >>

    como chegar à Fundação >>

    linhas de acervo >>

    preservação

    Os projetos de bolsas desenvolvidos na área de preservação são:

    2009 a 2011

    :: Estudo das encadernações de livros da coleção Rui Barbosa do século XIX


    2008 a 2010

    :: Conservação Integrada: Implantação de programa de pesquisa no campo da biodeterioração

    Bolsista: Mônica de Medina Coeli

    Coordenador: Maria Luisa Ramos de Oliveira Soares

    Ementa: Estabelecimento de diagnóstico definitivo da coleção Rui Barbosa, com base em elementos já analisados, compreendendo ações presenciais para coleta de materiais e análise do estado de degradação da coleção e identificação dos diferentes espécimes. Monitoramento dos diferentes espaços. Análises e dados estatísticos. Exames de laboratório. Implantação de programa de pesquisa no campo de biodeterioração, com o estabelecimento de metodologia de identificação e definição de contaminações em materiais orgânicos em climas tropicais.  Análise dos danos provocados por microorganismos em acervos, tendo em vista atividades biodeteriorantes e potencialidades patogênicas. Biodeterioração e microbiodeterioração; fatores responsáveis e mecanismos bioquímicos desses processos; atividades patogênicas dos microorganismos que habitam os arquivos, biblioteca e museu. Veja versão detalhada do projeto.


    2006 a 2008

    ::
    Uso de técnicas de raios-X na caracterização de pigmentos originais de pinturas das décadas de 60/70

    Bolsista: Marcos Moitrel Pequeno da Silva (Iniciação Científica)

    Coordenadoras: Maria Luisa Ramos de Oliveira Soares (FCRB), Méri Domingos Vieira (UFF)

    Ementa: O objetivo do projeto é definir, qualitativamente e quantitativamente, os elementos constitutivos de pigmentos utilizados nas décadas de 60/70, para se estabelecer um padrão mínimo de utilização de materiais contemporâneos nas intervenções técnicas dos restauradores. Para tanto, serão usadas amostras de pigmentos obtidas do acervo particular de um pintor da época. A caracterização das amostras consistirá na análise qualitativa e quantitativa por fluorescência e difratometria de raios-x . Para isso, serão desenvolvidas técnicas específicas de análise quantitativa para os dois métodos, visando determinar os percentuais de cada fase presente nos pigmentos assim como a identificação de cada fase e sua granulometria.


    Imprimir
    Voltar ao alto


    Veja também
    > acervos & preservação
    > acervo bibliográfico
    > acervos museológicos
    > arquivo institucional
    > arquivos históricos
    > arquivos literários
    > conservação preventiva

  • informe
  • |
  • perguntas frequentes
  • |
  • termos de uso
  • |
  • mapa do site
  • |
  • sobre o site
  • |
  • contato
  • |