Procurar  
  • principal
  • > palestras
  • > Memória & Informação
  • como chegar à Fundação >>

    eventos: programação da Fundação >>

    notícias >>

    atividades de preservação da Fundação >>

    conservação preventiva: bibliografia >>

    edições à venda: acervos e preservação >>

    Plano de Conservação Preventiva >>

    textos técnicos >>

    Memória & Informação 2006

    Abaixo você encontra palestras apresentadas no ciclo Memória & Informação, dedicado à divulgação de estudos e pesquisas nas áreas de preservação, tratamento e difusão de bens culturais. Este ciclo foi promovido quinzenalmente pela Fundação Casa de Rui Barbosa, de março a dezembro, em 2006.

    :: "Literatura de Cordel - Prêmio Rui Barbosa" (pdf, 11 KB), por Sylvia Regina Bastos Nemer, 15 de março 2006.
    O diálogo entre a literatura de cordel e a narrativa cinematográfica, consideradas a partir dos seus respectivos modos de transmissão, o oral e o audiovisual, bem como de seus diferentes níveis de recepção, é o ponto de partida da análise baseada em Deus e o diabo na terra do sol e O dragão da maldade contra o santo guerreiro, filmes de Glauber Rocha, nos quais o cordel funciona como recurso narrativo na representação do universo sertanejo. Prêmio Rui Barbosa, da FCRB, e Prêmio Sílvio Romero, CNFCP/Iphan.

    :: "Insetos xilófagos em arquivos e bibliotecas", por Pedro Brito, 29 de março 2006.
    A experiência na identificação dos insetos, no controle e aplicação do manejo integrado de pragas. Métodos de tratamento: congelamento.

    :: "Projeto da cidade Antonio Prado" (zip, 4,6 MB), por Fernando Roveda, 12 de abril 2006.
    A cidade de Antonio Prado, na serra gaúcha, preserva um conjunto de 48 imóveis, considerado um dos mais representativos da imigração italiana no Brasil. O trabalho de Roveda teve por objetivo a recuperação da memória coletiva e a reconstituição da história das casas tombadas como patrimônio nacional, o que permitiu elaboração instrumentos de divulgação para visitantes e para a comunidade local, de modo a inserir a cidade em uma rota mais qualificada de turismo cultural. A iniciativa foi premiada na categoria Divulgação do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, em 2005.

    :: "Projeto Desenvolvimento Territorial dos Caminhos Singulares do Estado do Rio de Janeiro" (pdf, 170 KB), por Flávia Brito, 26 de abril 2006.
    O Projeto Inventário de Bens Culturais Imóveis - Caminhos Singulares do Estado do Rio de Janeiro foi resultado de uma parceria entre o Sebrae-RJ, a Unesco e a Secretaria de Estado de Cultura, através do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural. Dentre seus objetivos pretendeu, resgatar um pouco da história social, econômica e cultural, que contribuiu para formação do Estado

    :: "Edificios neoclássicos no Rio de Janeiro", por Gustavo Rocha Peixoto (FAU/UFRJ), 10 de maio 2006.
    "Edificios neoclássicos",Análise comparativa de residências do Rio de Janeiro do final do séc. XVII à metade do séc. XIX, entre elas a Casa do Bispo, o Solar Grandjean de Montigny, o Palácio Itamaraty e o Museu Casa de Rui Barbosa, colocando em discussão diferentes atitudes diante da racionalidade, nacionalidade e natureza.

    "Edifícios neoclássicos no Rio de Janeiro: Identificação, Avaliação e Preservação" (zip, 1,10 MB), Cláudia Carvalho Leme Nóbrega (FAU/UFRJ)
    Apresentação de pesquisa, organizada em módulos, referentes a cinco edificações, pertencentes à UFRJ, consideradas exemplares da arquitetura neoclássica: Palácio Universitário; Instituto de Filosofia e Ciências Sociais; Hospital São Francisco de Assis, Centro de Artes Hélio Oiticica e Museu Nacional.

    :: "A trajetória da organização do conhecimento no contexto da Ciência da Informação" (zip, 112 KB), por Rosali Fernandez de Souza, 24 de maio 2006.
    Os trinômios Documento-Informação-Conhecimento e Informação-Comunicação-Conhecimento e a organização do conhecimento. A ciência da informação como campo de ensino e pesquisa. A organização e a representação de áreas do conhecimento para fins de planejamento, gestão e avaliação em ciência, tecnologia e inovação.

    :: "A relação entre arquitetura e museologia no projeto museográfico", 7 de junho 2006.
    Lúcio Gomes Machado (USP) Discussão do entendimento dessas atividades e identificação de pontos de conflito e convergência na atuação profissional especializada.

    :: "Arquitetura em museus - relação entre museólogo e arquiteto" (pdf, 129 KB), Maria Ignez Mantovani Franco (EXPOMUS)
    Principais pontos que devem ser considerados na elaboração de um programa museológico, destacando aqueles que apresentam interface com a arquitetura.

    :: "Banco de imagens da Unicamp" (zip, 930 Kb), por Neire do Rossio Martins, 21 de junho 2006
    Apresentação do sistema em desenvolvimento na Universidade Estadual de Campinas pela equipe do Centro de Computação, do Arquivo Permanente do Sistema de Arquivos e do Arquivo Edgard Leuenroth.

    :: "Os jardins do Rio de Janeiro no século XIX", por Carlos Terra (UFRJ), 12 de julho 2006
    A elaboração de espaços verdes - jardins, praças e parques -, em residências ou inseridos no contexto das cidades, foi quase sempre uma das preocupações do homem. Na Europa, desde o Renascimento, o jardim organizado assumiu real importância, transformando-se e adaptando-se às necessidades culturais, sobretudo nos séculos XVII, XVIII e XIX. Ganharam grande impulso com a Revolução Industrial, tornando-se essencial para a salubridade dos centros urbanos. No Brasil também ocorreu fenômeno semelhante em várias regiões. No Rio de Janeiro, em especial, com todas as transformações sofridas do século XIX e a necessidade de torná-lo uma cidade sem doenças, foi fundamental a inclusão de áreas verdes.

    :: "O perfil das escolas e das famílias que promovem o acesso dos jovens a museus" (pdf, 143 KB), por Sibele Cazelli (MAST), 18 de julho 2006
    Considerando o lugar de destaque que os museus vêm ocupando na promoção cultural, este trabalho investiga a existência de relações entre o número de museus visitados pelas escolas municipais e particulares do município do Rio de Janeiro e as varáveis associadas ao capital social e cultural baseados no contexto escolar. São examinadas também as características dos jovens e de seu entorno familiar promotoras do acesso a museus ou a instituições culturais afins.
     

    :: "A Missão de 1938 em Pernambuco: memória e presença" (pdf, 10 KB), Carlos Sandroni (UFPE), 2 de agosto 2006
    Muitas das expressões culturais registradas em Pernambuco pela Missão de 1938 continuam existindo, com variados graus de transformação. O contato de seus praticantes atuais com os registros de 68 anos atrás pode levar a descobertas sobre história, transformações e sentidos de aspectos das culturas populares.

    :: Estantes deslizantes 30 de agosto 2006
    "Orientação técnica para termo de referência - um estudo de casos. Estantes deslizantes" (zip, 1,7 MB), Maria Beatriz Affalo Brandão (Affalo & Associados).
    Apresentação da sistematização de cada etapa, com demonstração de um caminho metodológico, e exemplos de cada ação e suas possíveis conseqüências, desde as pesquisas iniciais até as etapas conclusivas e ocorrências incidentais.

    "Avaliação da qualidade por meio de ensaios de desempenho", Nilson Franco (IPT / ABNT)
    Vantagens para conservação de acervos técnicos e científicos. Definição dos requisitos básicos para otimização de espaços.

    :: "Estudo da degradação química de papéis ácidos produzidos a partir de 1850" (zip, 127 MB). Estudo de caso: parte do acervo do Arquivo Público Mineiro, Demilson Malta Vigiano (Arquivo Público Mineiro), 13 de setembro
    O acervo escolhido como estudo de caso apresenta vários tipos de papéis, variados graus de degradação e diversos tipos de intervenções e serão abordados os principais procedimentos.

    :: "Uma abordagem arquivística para os requisitos dos sistemas eletrônicos de gestão de documentos digitais" (zip, 252 KB), Margareth da Silva (Arquivo Nacional), 27 de setembro 2006
    O impacto do formato digital nos documentos de arquivo foi particularmente intenso no âmbito das atividades tradicionais da gestão de documentos. A não identificação dos documentos digitais como documentos arquivísticos acarretou diversos problemas. Um documento de arquivo digital é testemunho da ação que o gerou e que precisa ser mantido pelo tempo que for necessário. Abordagem dos Requisitos para os sistemas eletrônicos de gestão arquivística de documentos convencionais e digitais (REQBRAS), desenvolvidos pela Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos do Conselho Nacional de Arquivos.

    :: "A experiência do Museu da Maré" (zip, 120 MB), Cláudia Rose Ribeiro da Silva e Antônio Carlos Pinto Vieira – diretores do Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré e coordenadores do Museu da Maré. 11 de outubro 2006.
    Os autores, diretores do CEASM (Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré), desenvolvem um conjunto de programas no campo da educação, cultura, memória e comunicação. Dentre eles, destaca-se a Rede Memória, uma das primeiras ações desenvolvidas pela ONG. Este programa foi criado com o objetivo de registrar, preservar e divulgar a história da Maré, valorizando a memória dos moradores. Nessa perspectiva, foi estabelecida uma parceria com o Ministério da Cultura para a implantação do primeiro museu em favelas, o Museu da Maré- projeto que integra os pontos de cultura do programa cultura Viva/MINC.

    :: "Acesso a informações em Documentos de Arquivos" (zip, 46 KB), Célia Maria Leite Costa (CPDOC, CONARQ, CTNDA) 25 de outubro 2006.
    A autora proferiu palestra a respeito do acesso à informação em documentos de arquivos. Foram abordados temas tais como política de acesso e direito à informação; limites dos direito à informação e segredo de estado e direito à intimidade. Nesse contexto foi dado destaque ao histórico e ao estado atual da legislação arquivística brasileira sobre acesso a informações arquivísticas.

    :: "O gerenciamento ambiental das coleções e a sustentabilidade da preservação".  Cláudia S. Rodrigues de Carvalho (FCRB), 22 de novembro 2006.
    A palestra apresenta uma abordagem para projetos de sistema de controle ambiental em áreas de guarda e exposição de coleções que busca o equilíbrio sustentável entre a preservação e o acesso.

    :: "Ações educativas: a experiência da Pinacoteca" (pdf, 43 KB), Milene Chiovatto, coordenadora de ação educativa da Pinacoteca do Estado de São Paulo, 6 de dezembro 2006.
    A palestrante apresenta os quatro anos de trabalho de implantação e desenvolvimento da área de Ação Educativa da instituição paulistana. O processo, realizado a partir de pesquisa prévia e definição de objetos e metas educativas para o museu, apresenta resultados consistente, estabelecendo métodos e sistemas de atuação para a educação em arte no âmbito não formal

    :: "O usuário como agente no processo de transferência dos conteúdos informacionais arquivísticos" (zip, 50,5 KB), Lúcia Maria Velloso de Oliveira, chefe do Arquivo Histórico e Institucional da FCRB, 13 de dezembro.
    As inovações tecnológicas propiciam novos meios de intermediação entre as unidades arquivísticas e seus usuários. Diante desse quadro, para que as unidades arquivísticas possam atender às demandas de seus usuários em consonância com a contemporaneidade, é necessário que estes sejam reconhecidos como agentes no processo e a pluralidade de suas necessidades de informação sejam analisadas com uma abordagem flexível, capaz de responder às demandas mais tradicionais e às novas necessidades de informação.
     

     

    Imprimir
    Voltar ao alto


    Veja também
    > Memória & Informação
    > Memória & Informação 2018
    > Memória & Informação 2017
    > Memória & Informação 2016
    > Memória & Informação 2015
    > Memória & Informação 2014
    > Memória & Informação 2013
    > Memória & Informação 2012
    > Memória & Informação 2011
    > Memória & Informação 2010
    > Memória & Informação 2009
    > Memória & Informação 2008
    > Memória & Informação 2007
    > Memória & Informação 2005
    > Memória & Informação 2004

  • informe
  • |
  • perguntas frequentes
  • |
  • termos de uso
  • |
  • mapa do site
  • |
  • sobre o site
  • |
  • contato
  • |