Procurar  
  • principal
  • > museu e jardim
  • > atividades
  • > pesquisa
  • como chegar à Fundação >>

    notícias >>

    receba por e-mail o informe quinzenal >>

    conheça os pesquisadores em preservação >>

    Sobre o Museu-Casa de Rui Barbosa >>

    O acervo de Rui Barbosa >>

    pesquisa

     

     

    Museu-Casa : memória, espaço e representações é um grupo de pesquisa interdisciplinar voltado para o estudo desse conjunto arquitetônico na perspectiva de sua preservação integrada, tendo como referência os campos da museologia, arquitetura e do urbanismo.

    A perspectiva museológica é voltada para o estudo do acervo do museu sob diferentes óticas. Objetos decorativos, indumentária, conjunto de objetos produzidos para homenagear Rui Barbosa, viaturas, objetos de saúde, higiene e toalete, e o jardim já foram tema de pesquisa, que promove o levantamento, sob embasamento documental diverso – iconográfico, histórico, documentação escrita e depoimentos – da ocupação interna da Casa e do jardim a partir do período Rui Barbosa.

    Os resultados desses estudos são editados na coleção Estudos do Acervo do Museu-Casa de Rui Barbosa, e contribuem para discussão do circuito de visitação a partir de concepções e conceitos museográficas e museológica contemporâneos. Nesse viés, é oferecida bolsa no âmbito do programa FCRB-FAPERJ na área de acervos & preservação.

    A perspectiva arquitetônica tem como enfoque aliar conhecimentos históricos estilisticos e construtivos na busca de soluções sustentáveis que integrem a preservação do edifício-histórico à preservação da coleção que abriga, que desde 1998 estão orientadas pelo Plano de Conservação Preventiva do Museu Casa de Rui Barbosa. A pesquisa oferece bolsa no âmbito do programa FCRB-FAPERJ na área de acervos & preservação.

    A perspectiva social e urbanística tem por objeto o estudo do espaço do museu-casa, sua organização e transformações, e a ordens sociais que as engendraram, ou seja, as redes de relações sociais e valores dos comerciantes portugueses que nortearam os primeiros momentos de ocupação da propriedade. Essa pesquisa mantém cooperação com o Museu da Emigração: Comunidades e Luso-descendentes.

     

    Imprimir
    Voltar ao alto


    Veja também
    > sites relacionados

  • informe
  • |
  • perguntas frequentes
  • |
  • termos de uso
  • |
  • mapa do site
  • |
  • sobre o site
  • |
  • contato
  • |