ÔĽŅ Fundação Casa de Rui Barbosa
 
  Procurar  
  • principal
  • > textos on-line
  • > artigos
  • > autor: Rui Barbosa
  • create gmail account gmail sign in
    como chegar à Fundação >>

    consulta às bases de dados >>

    cat√°logo de edi√ß√Ķes √† venda >>

    linhas de pesquisa e sua divulgação >>

    o legado de Rui Barbosa >>

    textos de Rui Barbosa

    Para ilustrar a intensa produção intelectual de Rui Barbosa, são divulgados os textos abaixo.

    :: Adeus a Machado de Assis (pdf, 24 Kb)
    Discurso de Rui Barbosa diante do ata√ļde do escritor, na tarde de 30 de setembro de 1908. Designado para falar em nome da Academia Brasileira de Letras, Rui enaltece o "mestre e companheiro".

    :: Credo político (pdf, 34 Kb, 2 páginas)
    Figura tanto na "Resposta a C√©sar Zama", momento no qual ele se defende das cal√ļnias e injusti√ßas do seu oponente, quanto na Plataforma eleitoral, de 15 de janeiro de 1910, quando candidato √† presid√™ncia da Rep√ļblica.

    :: O desenho e a arte industrial (pdf, 110 Kb)
    Transformar o ensino em arma de progresso econ√īmico foi a obsess√£o de Rui, e √© o tema principal desse discurso. Acreditava na import√Ęncia do ensino, que realizaria "a obra da emancipa√ß√£o contra a ignor√Ęncia, a pior das servid√Ķes". O ensino t√©cnico seria a base para a industrializa√ß√£o do pa√≠s, e o desenho, em qualquer de suas modalidades, resolveria o problema do desenvolvimento: de na√ß√£o agr√≠cola, o Brasil passaria a na√ß√£o industrial.

    :: O dever do advogado. Carta a Evaristo de Morais. Pref√°cio de Evaristo de Morais Filho. (pdf, 141 Kb, 44 p√°ginas)
    Carta de Rui Barbosa, de outubro de 1911, que se tornou um clássico sobre a ética profissional, em que responde a consulta de um correligionário, se devia ou não aceitar o patrocínio da causa de um amigo, partidário de Hermes da Fonseca.

    :: Discurso no Colégio Anchieta (pdf, 187 Kb)
    Em dezembro de 1903, Rui, paraninfo de alunos adolescentes do Colégio Anchieta, pronunciou esse discurso conhecido como "Palavras à Juventude" que marca um momento decisivo na sua evolução espiritual e representa uma profissão de fé cristã.

    :: Elogio de Castro Alves (pdf, Kb)
    Nos 10 anos da morte de Castro Alves, os admiradores do poeta Aquino Fonseca e Torquato Bahia levaram ao Di√°rio da Bahia a id√©ia da comemora√ß√£o do seu Decen√°rio. Formada a comiss√£o dos atos solenes, Rui foi escolhido orador. Numa festa magn√≠fica no dia 6 de julho de 1881 no Teatro S√£o Jo√£o da Bahia Rui pronunciou o Elogio do Poeta. Justificou a escolha de seu nome como orador ao atestar a obra do poeta: "[...] desse extraordin√°rio representante da nossa poesia [...] distanciado dele pela diferen√ßa das nossas voca√ß√Ķes, pela emin√™ncia da sua predestina√ß√£o, bem perto estive de sua alma pela amizade."

    :: A imprensa e o dever da verdade (pdf, 309 Kb, 53 p√°ginas)
    Confer√™ncia n√£o pronunciada por Rui Barbosa, por motivo de sa√ļde, com a 1¬™ edi√ß√£o feita na Bahia, em benef√≠cio do Abrigo dos Filhos do Povo. √Č fonte de cita√ß√Ķes sobre a √©tica nos meios de comunica√ß√£o, a responsabilidade, a fun√ß√£o social e a liberdade da imprensa, o dever do jornalista e do homem p√ļblico.

    :: O justo e a justiça política (pdf, 47 Kb, 6 páginas)
    Rui Barbosa analisa a ru√≠na moral do tempo e do mundo ao comentar o julgamento de Jesus Cristo; transp√Ķe para a sua √©poca a interfer√™ncia da pol√≠tica dos governos nos atos do Supremo Tribunal Federal.

    :: Oração aos moços (pdf, 338 Kb, 51 páginas)
    Discurso de Rui Barbosa preparado para os formandos de 1920 da Faculdade de Direito de São Paulo, dos quais foi o paraninfo. Uma das mais brilhantes peças produzidas pelo jurista, síntese de sua maturidade intelectual, discorre sobre o papel do magistrado e a missão do advogado.

    :: Osvaldo Cruz (pdf, 652 Kb, 87 p√°ginas)
    Pronunciado no dia 28 de maio de 1917 no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, o discurso de Rui Barbosa em homenagem a Osvaldo Cruz, que desaparecera recentemente, é uma peça fundamental para os que se interessam pela história da ciência no Brasil.
    Rui descreve com entusiasmo os primeiros passos da atividade científica entre nós e destaca a atuação do grande sanitarista, cuja atuação contribuiu de modo decisivo para o prestígio da pesquisa científica no Brasil, seja pela seriedade do trabalho desenvolvido por Osvaldo Cruz, seja por suas qualidades pessoais de liderança e determinação.

    :: Pensamento e ação de Rui Barbosa. Prefácio de Mario Brockmann Machado. FCRB/Senado Federal. (pdf, 204 Kb, 1 página - abertura)
    Colet√Ęnea de textos de autoria de Rui Barbosa abordando aspectos de sua multifacetada atividade intelectual e p√ļblica, como deputado, advogado, ministro, diplomata, senador, candidato √† Presid√™ncia da Rep√ļblica, jornalista.

    Textos:
    :: Discurso A situação liberal - 17 mar. 1879
    :: Discurso Organização das finanças republicanas - 16 nov. 1890 (pdf, 289 Kb, 77 páginas)
    :: Discurso Oração perante o Supremo Tribunal Federal - 23 abr. 1892
    :: Discurso O Supremo Tribunal Federal na Constituição Brasileira - 19 nov. 1914 (pdf, 369 Kb, 99 páginas)
    :: Conferência Os conceitos modernos de Direito Internacional - 14 ago. 1916 - também conhecida como O Dever dos Neutros
    :: Discurso Anistia - 05 set. 1905 (pdf, 409 Kb, 109 p√°ginas)
    :: Plataforma [eleitoral] - 15 jan. 1910
    :: Conferência A questão social e política no Brasil - 20 mar. 1919 (pdf, 346 Kb, 81 páginas)
    :: Artigo, a 5ª Carta de Inglaterra, O Congresso e a Justiça no Regímen Federal - 21 mai. 1895.

    :: Requerimento de informa√ß√Ķes sobre o caso do Sat√©lite-II (pdf, 191 Kb, 15 p√°ginas)
    Esse discurso no Senado faz parte de uma s√©rie de 5, nos quais Rui Barbosa evoca e requer informa√ß√Ķes sobre o caso do fuzilamento dos marinheiros a bordo do navio Sat√©lite.

    :: Saudação a Anatole France (pdf, 317 Kb, 56 páginas)
    No meio da mais agitada confusão política recebe o Brasil a visita de Anatole France. Como presidente da Academia Brasileira, coube a Rui Barbosa fazer a saudação ao famoso literato.

    :: No século XX (pdf, 51 Kb, 7 páginas)
    Rui Barbosa faz um retrospecto dos acontecimentos do s√©culo XIX e exp√Ķe sua preocupa√ß√£o para o s√©culo XX. Afirma que s√≥ alguns "poder√£o dizer se a um s√©culo, em que a ci√™ncia serviu principalmente √† for√ßa, ter√° sucedido um s√©culo, em que a for√ßa se incline, afinal, ao direito".

    :: Surrexit (pdf, 37 Kb, 3 p√°ginas)
    Discurso proferido por ocasi√£o da Semana Santa.

    Imprimir
    Voltar ao alto



  • informe
  • |
  • perguntas frequentes
  • |
  • termos de uso
  • |
  • mapa do site
  • |
  • sobre o site
  • |
  • contato
  • |