> Fundação Casa de Rui Barbosa > Arquivos pessoais de escritores > Arquivo Manuel Bandeira Manuel Bandeira
Arquivo Literário de Manuel Bandeira


Manuel Bandeira :: Poema do amorManuel Bandeira (Manuel Carneiro de Souza Filho, Recife, 1886-Rio de Janeiro, 1968), considerado como um dos maiores poetas brasileiros, foi também autor de ensaios, crônicas e memórias, tradutor e organizador de antologias. Informações detalhadas sobre os documentos do Arquivo Manoel Bandeira podem ser obtidas nas bases de dados Guia de Fundos, e Arquivos Pessoais de Escritores Brasileiros, e na publicação Inventário do Arquivo Manuel Bandeira, à venda na Fundação.

O arquivo de Manuel Bandeira da Fundação Casa de Rui Barbosa compreende os documentos que se encontravam na residência de Maria de Lourdes Heitor de Sousa quando o poeta faleceu. Nesse conjunto estão reunidas versões manuscritas de poemas, originais e edições publicadas de artigos, ensaios e entrevistas, discursos e traduções.

A coleção de sua correspondência é extensa e variada, contemplando vários amigos e escritores, como Mário de Andrade, Ribeiro Couto, João Cabral de Melo Neto, Odilo Costa, filho, Otto Maria Carpeaux, entre outros. A iconografia é bastante completa, reunindo retratos de família, de amigos e do próprio Manuel Bandeira, em diversas fases da vida. Pinturas, objetos de uso pessoal, mobiliário e alguns livros também integram o arquivo.

Além dos documentos depositados no arquivo, foi preservada a biblioteca, com cerca de 2.500 volumes, doada à Academia Brasileira de Letras, que guarda ainda documentos sobre suas atividades, em especial como acadêmico.

Informações detalhadas sobre os documentos do arquivo constam da publicação Inventário do Arquivo Manuel Bandeira.