Fundação Casa de Rui Barbosa > Arquivos pessoais de escritores > Arquivo Gonzaga Duque > Sobre o autor

Gonzaga Duque
Gonzaga Duque :: Textos :: Sobre o autor

Essa bibliografia foi organizada pela pesquisadora Vera Lins e  abrange desde trabalhos específicos sobre o crítico como sobre o momento cultural e artístico em que ele viveu.

BOUÇA, Edmundo. "Gonzaga Duque e as molduras do 'idioleto decadista'" in Arte e Artifício: Manobras de fim de séculGongaza Duque por o. org. Luiz EdmundoBouçasCoutinho, p. 137.

BRAYNER, Sônia. Labirinto do espaço romanesco. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira/Brasília: INL, 1979.

BROCA, Brito. Papéis de Alceste. Campinas, Unicamp, 1991.

_____. A vida literária no Brasil - 1900. 3. ed. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1975.

CAMPOS, Humberto de. Crítica. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1934, vol. III.

CAROLLO, Cassiana Lacerda. Decadismo e simbolismo no Brasil. 2 vols. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1980.

COUTINHO, Afrânio (org.). A literatura no Brasil. 3. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: José Olímpio: Niterói: UFF, 1986, vol. 4.

COUTO, Renata de Campos. Gonzaga Duque, crítica, arte e a experiência da modernidade. Dissertação (Mestrado em História Social da Cultura), PUC, 2007. 108 f.

DIMAS, Antônio. Tempos eufóricos. São Paulo: Ática, 1983.

EDMUNDO, Luiz. O Rio de Janeiro de meu tempo. Rio de Janeiro: Xenon, 1987.

EULÁLIO, Alexandre. Literatura e Artes Plásticas. Apres. Homero Senna. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1989.

_____. "Sobre Mocidade morta". In: CARVALHO, José Murilo de, et alii. Sobre o pré-modernismo. Rio de janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1988.

FRANÇA, Cristina Pierre de. “Gonzaga Duque: Crônicas dos Salões na Revista Kosmos”. In: 19&20 - A revista eletrônica de DezenoveVinte. Volume II, n. 2, abril de 2007.

GRIECO, Agripino. Evolução da prosa brasileira. Rio de Janeiro: Ariel, 1933.

_____. Poetas e prosadores do Brasil. Rio de Janeiro: Conquista, 1968.

GUIMARÃES, Júlio Castañon. "Gonzaga Duque: ficção e crítica de artes plásticas". In: CARVALHO, José Murilo de, et alii. Sobre o pré-modernismo. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1988.

HARDMAN, Francisco Foot. "Antigos modernistas". In: Novaes, A., org. Tempo e história. São Paulo: Companhia da Letras: Sec. Mun. Cultura, 1992: 289-305.

main_veralivros LINHARES, Temístocles. História crítica do romance brasileiro, vol. 1. Belo Horizonte: Itatiaia/São Paulo: Edusp, 1987.

LINS, Ronaldo Lima. "Ordem política e dissimulação ficcional". In: Violência e literatura. Rio de Janeiro: Tempo brasileiro, 1990, 217-231.

_____. "A terceira margem: veredas". In: Nossa amiga feroz: breve história da felicidade na expressão contemporânea. Rio de Janeiro: Rocco, 1993, 132-153.

LINS, Vera. Gonzaga Duque: a estratégia do franco-atirador. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1991.

_____. Gonzaga Duque: Crítica e utopia na virada do século. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1996. (Papéis Avulsos, 25)

_____. Novos Pierrôs, velhos saltimbancos: os escritos de Gonzaga Duque e o final de século carioca. Curitiba: Secretaria de Cultura do Paraná, 1998.

_____. Cartas desenhadas. Texto publicado no site: http://www.casaruibarbosa.gov.br

_____. Cidade e memória: um crítico de artes nas ruas do Rio. Texto publicado no site: http://www.casaruibarbosa.gov.br

_____. Critica e utopia nos escritos de Gonzaga Duque: uma terceira margem do moderno.

_____. Gonzaga Duque: Crítica e utopia na virada do século. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1996. (Papéis Avulsos, 25)

_____. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1991.

_____. Linhas cruzadas: decifrando o arquivo de Gonzaga Duque. Texto publicado no site: http://www.casaruibarbosa.gov.br

_____. Novos Pierrôs, velhos saltimbancos: os escritos de Gonzaga Duque e o final de século carioca. Curitiba: Secretaria de Cultura do Paraná, 1998

_____. Zola e Gonzaga Duque: o artista e a cidade na virada do século. Texto publicado no site: http://www.casaruibarbosa.gov.br

LUZ, Fábio. Dioramas: aspectos literários. Rio de Janeiro: Ravaso, 1934.

MARTINS, Wilson. História da inteligência brasileira, vols. 4, 5 e 6. São Paulo: Cultrix, 1977-1978, vols. IV, V e VI.

MOISÉS, Massaud. O simbolísmo. São Paulo: Cultrix, 1973.

MORAES, Péricles. Legendas e águas-fortes: ensaios críticos. Manaus: Liv. Clássica, 1935.

MURICY, Andrade. Panorama do movimento simbolista brasileiro. 2 vols. Brasilia: INL, 1973.

Obra crítica de Nestor Vítor. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, vol. 1, 1969; vol. 2, 1973; vol. 3, 1979.

OCTAVIO FILHO, Rodrigo. Velhos amigos. Rio de Janeiro, José Olímpio, 1938.

PRADO, Lucia Regina Senra da Silva. Gonzaga Duque: a modernidade crítica da arte dispersa. Dissertação defendida em dia 25.08.95, no Departamento de Historia da PUC-RJ.

PESSOA, Frota. Crítica e polêmica. Rio de Janeiro: Artur Gurgulino, 1902.

QUÍRICO, Tamara.“Comentários e críticas de Gonzaga Duque a Pedro Américo. In: 19&20 - A revista eletrônica de DezenoveVinte. Volume I, n. 1, maio de 2006.

SEVCENKO, Nicolau. Literatura como missão. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SCHIAVINATTO, Iara Lis F. "História, arte e povo: uma produção do passado". In: História. Assis, SP: Unesp, (11), 1992: 103-120.

_____. Das tramas do ver: Belmiro de Almeida. Campinas: IA/Unicamp, 1990. (Mestrado em Multimeios).

SÜSSEKIND, Flora. Cinematógrafo de letras: literatura, técnica e modernização no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

_____. "O figurino e a forja". In: CARVALHO, José Murilo de, et alii. Sobre o pré-modernismo. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1988.

VECCHI, Roberto. "Reescrevendo a Inconfidência: Gonzaga Duque e a demanda de muitos fundadores da nova ordem republicana". In: Rassegna Iberistica. Veneza/Roma, Bolzoni, (62), 1998: 27-38.

VELLOSO, Monica Pimenta. Modernismo no Rio de Janeiro: turunas e quixotes. Rio de Janeiro: FGV, 1996.